Chimichurri caseiro (o meu)


Olá a todos, hoje trago mais uma receita para acabar a semana. Desta vez trago uma mistura de ervas aromáticas que conheci pela primeira vez em seco, como especiaria. Comprei numa daquelas feiras medievais cá da margem sul, naquelas bancas cheias de especiarias encontrei uma mistura que dizia chimichurri, fiquei bastante curiosa pelo nome que desconhecia na altura e adorei. A especiaria acabou num instante e mais tarde, numa breve pesquisa pela internet percebi que este tipo de mistura era usada principalmente como molho fresco! Foi então altura de criar o meu chimichurri caseiro. Ora aqui vai uma receita adaptada com o que tinha cá em casa, espero que gostem.

Podem usar este molho como marinada, como um pesto para uma massa, para dar um sabor extra a um molho de um refogado, ou como bem intenderem, pois o que interessa mesmo é usar :)

Nesta receita usei como marinada de um frango daqueles sem osso que um amigo nosso nos preparou como na altura viram aqui, depois foi só rechear o frango a gosto, espalhar mais um pouco do molho por cima da pele e levar ao forno.

Nem imaginam o perfume que ficou a minha cozinha:)

Bom fim de semana!


. Rende 180 ml .

Ingredientes:
1 colher de sopa de pimenta preta 
2 dentes de alho 
1 cebolinha roxa 
2 colheres de sopa de oregãos frescos 
1/2 malagueta das grandes 
1/4 pimento vermelho 
1 colher de sopa de paprika 
2 molhos de coentros frescos (100 gr) 
1/2 colher de sopa de sal 
1 colher de sopa de mostarda Dijon 
2 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto 
100ml de azeite extra virgem 
1/2 sumo de um limão (pequeno) 
2 colheres de sopa de mel 

Num moedor de especiarias ou 123, coloque o sal, a pimenta, a paprika, os oregãos e pique até fazer pó, reserve.

Num robot de cozinha, coloque a cebola, o dente de alho, o pimento, a malagueta e os coentros é pique tudo até fazer uma pasta homogênea. Junte os ingredientes em pó reservados e adicione os restantes ingredientes líquidos, o sumo do limão, o mel, a mostarda, azeite e vinagre.

Pique tudo muito bem até atingir uma consistência igual de um iogurte grego. Se achar que não consegue apenas com os ingredientes líquidos, vá adicionando uma colher de sopa de água.

Reserve no frigorífico e utilize onde quiser, o meu durou uma semana!


Pão de banana e chocolate

Há uns tempos falava com uma amiga que os blogs têm os dias contados, que estão a ser fortemente ultrapassados pelo Instagram e o Youtube.  No entanto acho que no campo da culinária há sempre quem goste de ir ao google pesquisar por uma ou outra receita e acabe por ir parar algum blog. Mas nunca será como nos últimos 10 anos, em que os blogues faziam parte da leitura diária de grande maioria das pessoas.

Falo por mim, depois de ter sido mãe o tempo foge-me das mãos e tal como a leitura de blogues. Por vezes, através do instagram vou vendo as receitas dos blogues amigos e acabo por as ir ler se estiver com tempo, mas como antigamente é difícil conseguir seguir tudo aquilo gosto. O Instagram ainda é a rede social que é mais fácil estar activo, mesmo com a cronologia toda trocada, conseguimos facilmente seguir as pessoas que gostamos e tem a vantagem de ser ideal para visualizar através do telemóvel! 

Quanto ao Youtube vou seguindo um ou outra pessoa que adoro, a autora desta receita é uma delas. Já a sigo há anos, sempre adorei os seus vídeos com receitas sempre tão apetitosas, os relatos da vida que leva nos Estados Unidos e agora a vinda do bebé. É engraçado como o Youtube nos leva a ter estas "amigas" que provavelmente nunca os iremos conhecer pessoalmente, mas que já não conseguimos viver sem eles.

Esta receita vem a propósito de uma sondagem que fiz ontem no meu Instagram, onde mostrava um cacho de bananas bem maduras. Estava na dúvida em fazer este pão de banana ou este gelado. A maioria escolheu o pão! Mas enquanto esperava as votações fui passear pelo Youtube e rapidamente mudei de ideia, decidi fazer a receita do banana bread que já tinha guardado do canal da Fancielle Nogueira algum tempo, pois tem chocolate :D

Aqui vai a receita para fazerem.





. Receita para forma de bolo inglês .

Ingredientes:
4 bananas maduras esmagadas
1/2 chávena de açúcar
2 ovos
1/3 de chávena de manteiga derretida
1 chávena de farinha de trigo integral
3/4 de chávena de farinha de trigo normal
1 colher de sopa de canela em pó (usei extrato de baunilha)
1 colher de sopa de fermento
130 g de chocolate preto picado

Numa tigela grande, misture o açúcar, manteiga derretida e ovos. Junte as bananas esmagadas e a baunilha e misture. Acrescente as farinhas e o fermento, mexendo delicadamente. Por fim, adicione o chocolate picado.

Coloque a massa numa forma de bolo inglês untada e leve para assar em forno preaquecido à 180 C por 40 minutos ou até fazendo o teste do palito, e que ele saia limpo.


Tagine de legumes e carne de vaca








É oficial chegou o frio, não há volta a dar! Vá pronto, ainda não é aquele frio que gela os ossos ou que nos faz levar a mantinha para à frente da TV, mas é aquele que nos dá vontade de voltar às receitas de forno, à tagine e a perfumar a cozinha com cheiros fortes. São das coisas que tenho saudades durante no verão.

Hoje trago uma receita demorada, não que dê trabalho na execução, demora é algum tempo a cozinhar, basicamente é deixá-la ficar e ir lá de vez enquanto mexer e ver se não precisa de um pouco mais de água. É óptima para fazer num domingo em que temos visitas em casa, para impressionar e dizer que cozinhamos numa tagine, mas claro que podem fazer esta receita numa panela comum. 

Vamos lá começar uma semana bem perfumada, com energia porque "the winter is coming" - Nota-se muito que basicamente andei dois meses a devorar 7 temporadas da Guerra dos Tronos, nota? 


.  Receita para 4 pessoas .
Ingredientes:
2 colheres de sopa de azeite
1 cebola
4 dentes de alho
1 cenoura
1 alho francês pequeno
1 nabo
500 gr de carne de vaca aos cubo
Pimenta q.b.
1 colher de café de ras el hanout (ver receita aqui)
Sal (eu usei salicornia)

Bouquet garni:
1 rama de manjericão
2 ramas de coentros
2 ramas de tomilho laranja
4 ramos de salicornia

Numa panela tagine ou de ferro fundido, coloque o azeite e por cima uma cama de legumes: cebola e alho francês as rodelas, dentes de alhos laminados, o nabo aos cubos e a cenoura as rodelas. Junte a carne, o bouquet garni, tempere a gosto e regue com água até cobrir a carne.

Deixe cozinhar lentamente durante pelo menos 2h30 com o lume bem baixo. Dê uma olhadela de vez enquanto e envolta a carne com os legumes, antes de desligar verifique os temperos, retire o bouquet e sirva com um purê!

Viva aos dias frios que nos deixam sentir este perfume!


Cachorros para toda a família


Mais uma semana a começar e mais uma receita para partilhar :) 

Hoje trago uma refeição que é ideal para toda a família. Acho que não conheço ninguém que não goste de cachorros quentes. Normalmente é algo que não temos por hábito fazer em casa, vamos comer a roulotes ou numa festa qualquer, quase sempre fora de casa. Eu sempre fiz cachorros cá em casa, aliás já os fazia em casa dos meus pais, usando uma tostadeira para prensar o pão e as salsichas. Que saudades que tenho de quando as minhas únicas preocupações eram

gravar filmes na TV e fazer a minha cama todos os dias.

Hoje trago uma versão bem diferente da que estamos habituados a comer na rua. Esta é mais saudável, colorida e divertida de "montar". Foram-me dadas a provar as novas salsichas de frango e perú da Nobre com baixo teor de gordura, são maravilhosas. São uma gama de salsichas com menos de 3% de gordura, sem aditivos, lactose e glúten. Têm tudo para dar um bom resultado, não acham?

Decidi criar 3 variedades diferentes de cachorro, todas muito saudáveis, as salsichas foram apenas grelhadas sem qualquer tipo de gordura. Para acompanhar a refeição não podia faltar uma batatinha, sei que as podia ter assado no formo, mas comer um cachorro sem batata crocante não é a mesma coisa, certo? Usei batata doce e fritei em azeite para ser mais saudável. 

As combinações podem ser infinitas, eu decidi juntar às salsichas ingredientes que trouxessem alguma frescura e algum crocante que é algo que para mim é essencial num bom cachorro. Saboreiem as minhas sugestões enquanto ainda temos bom tempo. Recomendo para levarem para um piquenique com a pequenada, mas experimentem rápido que não tarda estamos no Natal :D

Bom proveito!


.  Receitas para um total de 9 cachorros . 

. Cachorro com cebola caramelizada e courgette . 

Ingredientes:
3 salsichas de peru Baixo Teor de Gordura da Nobre
3 pães de cereais
2 cebolas roxas
1/2 colher de sopa de vinagre balsâmico em creme
1 fio de mel
sal, pimenta preta e mostarda em grão
1 courgette 
2 fatias de queijo mozzarela baixo em gordura
1 abacate pequeno temperado

Numa frigideira anti aderente adicione as cebolas roxas laminadas e salteie até ficarem translúcidas. Junte o vinagre balsâmico, o mel e envolva. Tempere e adicione um pouco de água caso sinta que a cebola fica muito seca, e deixe cozinhar até e ficar tenra.

Numa frigideira para grelhar, corte a courgette em laminas, tempere com sal, pimenta, mostarda em grão e leve a grelhar uns minutos em ambos os lados até ficarem bem douradas.

Corte o queijo em fatias finas (largura de um dedo) e reserve. Grelhe as salsichas inteiras na mesma frigideira  das courgettes até ficarem bem quentes e de seguida enrole as fatias do queijo. 

Abra o pão, adicione a cebola caramelizada como base, junte as fatias das courgettes à volta e por fim coloque a salsicha como queijo enrolado e já um pouco derretido. Cubra com umas fatias de abacate em cubos previamente temperado com sal, azeite e umas gotas de sumo de limão, para dar um toque de frescura


. Cachorro com húmus e rúcula .

Ingredientes:
3 salsichas de frango Baixo Teor de Gordura da Nobre
3 pães de cereais
1 lata de grão cozido (410 gr)
1 fio de azeite
sal, pimenta rosa q. b.
1 pitada uma especiaria a gosto (usei esta)
3 fatias de presunto
3 mãos cheias de rúcula selvagem
3 fatias de abacaxi fresco
2 colheres de sopa de coentros frescos picados

Num robot de cozinha coloque o grão cozido, 3 colheres de sopa de água, 1 fio de azeite, sal, pimenta e a especiaria, triture tudo até ficar uma pasta cremosa e reserve.

Numa frigideira anti aderente bem quente e sem qualquer gordura, adicione o presunto cortado em tiras bem finas e pequenas e deixe saltear até ficar crocante. Retire e deixe repousar por cima de papel de cozinha até esfriar.

Corte o abacaxi em pequenos cubos, envolva-o com os coentros picados e reserve.

Grelhe as salsichas inteiras numa frigideira para grelhar  sem qualquer gordura.

Abra o pão e com ajuda de uma uma colher barre o húmus na base, junte a salsicha grelhada, a rúcula o abacaxi e finalize com o presunto crocante por cima, esta vai-vos fazer lembrar a praia.


. Cachorro com tomate e abacate .

Ingredientes:
3 salsichas de frango Baixo Teor de Gordura da Nobre 
3 pães de cereais 
1 fio de azeite 
1 dente de alho
2 tomates maduros
1 cebolinha
1 colher de sopa de tomate concentrado em pasta
1/2 colher de sopa de açúcar mascavado escuro
sal e pimenta preta
3 fatias de Peito de Peru Extra Original da Nobre
1 abacate
1 colher de sopa de mostarda Dijon
1 colher de sopa de iogurte natural

Numa panela pequena comece por fazer o molho de tomate caseiro. Colocando os seguintes ingredientes todos de uma vez em lume brando (azeite, alho laminado, os tomates sem pele e cortados em pedaços pequenos e cebolinha picada). Deixe levantar fervura e com ajuda de uma colher de pau, esmague os pedaços do tomate grosseiramente. Adicione o tomate concentrado, o açúcar e tempere com sal, pimenta e deixe ao lume até apurar o molho.

Para fazer o molho branco, basta adicionar numa tigela, a mostarda Dijon, o iogurte natural, 1 fio de azeite, 1 colher de sopa de água, tempere a gosto e mexa tudo com uma vara de arames.

Retire do lume e leve a uma liquidificadora ou robot de cozinha para que o molho fique cremoso.

Grelhe as salsichas inteiras numa frigideira própria para grelhar até ficarem bem quentes de douradas e reserve.

Abra o pão e com ajuda de uma uma colher barre o molho de tomate, coloque uma fatia de peito de peru e envolva uma salsicha, adicione uns cubos de abacate temperado com sal, um fio de azeite e umas gotas de limão e com as mãos esmague umas chips de batata-doce por cima.

Regue com o molho branco e mais um pouco de molho de tomate.


. Chips de batata doce .

Ingredientes:
3 batatas doces grandes
azeite q.b.
sal 
oregãos em pó

Lave muito bem as batatas, seque-as com um pano de cozinha e com uma mandolina corte fatias finas e homogéneas.

Numa caçarola ou panela própria para fritar, leve ao lume uma grande quantidade de azeite e quando estiver quente, frite as batatas.

Depois de fritas, coloque-as em papel absorvente e tempere com sal e oregãos.


Massa com sapateira


Não sou uma pessoa que era capaz de viver só numa estação do ano, gosto de todas elas, claro que do inverno gosto menos, principalmente daquelas semanas em que chove dia e noite. Mas não fico deprimida quando ele começa. Custa-me mais largar o verão e entrar no outono, por exemplo. Custa-me largar as sandálias e voltar aos sapatos fechados, e as meias? É do me mais me custa habituar a calçar. Sou daquelas pessoas que nos primeiros dias mais frios ainda vai de sapato aberto e sem casaco para a rua, a rapar um frio do caraças, só porque não se quer render à chegada oficial do frio. 

Pronto o outono é lindo, as cores, os cheiros... mas sempre me custou muito a sua chegada repentina.

A receita de hoje é um bom exemplo disso, com chegada do outono chegam os dias mais frios em que já se sente a falta de um bom estufado ou uma comida mais quente a perfumar a cozinha, depois pelo meio, há uns dias cheios de sol que ainda dão para sair à rua com uns calções sem parecer mal, um pouco como o fim de semana que passou que foi bem bom.
Nos dias assim aproveito para chamar o verão mais um bocadinho cá a casa, é o "esticar a corda" até não puder mais. Hoje trago uma receita com cheiro a verão, com o sabor da sapateira que é maravilhoso e faz magia onde quer que toca. É um massa bem simples, que tanto se pode comer fria, como morna.

Aqui vai a receita e votos de uma semana com muitos raios de sol!


. Receita para 4 pessoas .

Ingredientes: 
1 sapateira
1 fio de azeite
1 talo de aipo (tamanho do dedo polegar)
4 dentes de alho
1 pimento vermelho pequeno
1/2 pimento verde
250 de massa integral a gosto
1/2 molho de coentros frescos
150 ml de creme frêiche
Sal e pimenta de moer
sumo de 1/2 limão q.b.

Comece por cozer a sapateira (reserve o caldo da cozedura) e retire todo o miolo da mesma e desfie um pouco.

Coza a massa com a água da cozedura da sapateira, umas pedras de sal e um fio de azeite.

Entretanto numa wok com um fio de azeite, coloque o aipo aos cubos, os dentes de alho picados e deixe refogar uns minutos, junte os pimentos e os talos dos coentros e envolva.

Quando a massa tiver "al dente", escoe e junte à wok (reservando um pouco do caldo de cozedura) Envolta a sapateira com a massa e caso sinta que esteja muito seco, adicione uma ou duas colheres de sopa do caldo da cozedura e envolva com cuidado.

Por fim junte o creme frêiche, verifique os temperos, regue com o sumo de 1/2 limão e os coentros picados.